quarta-feira, 24 de junho de 2009

Rrrrrrrr...

Pois, é, esse diário era só pra eu escrever coisas engraçadas e rir de mim mesma, uma espécie de terapia. mas acontece que em vez de vontade escrever coisas engraçadas para que eu possa rir, eu estou morrendo de vontade de dar um soco na fuça de alguém. Mas especificamente de um coleguinha que tive na infância, que eu vivia na casa, porque minha mãe pensava que eu gostava dela e queria brincar, quando na verdade ela era má, e fazia eu me sentir feia, chata e irritante (Não que eu não era).

Fui ao psiquiatra e... EBAAAA! Não vou usar mais antidepressivos, fiquei muito feliz e muito confiante. Ele pediu pra que na próxima consulta eu contasse sobre meus sonhos, mas eu não consigo lembrar de nenhum quando acordo. Preciso dar vazão as minhas fantasias, em vez de querer respostas prontas para tudo que eu vivo, sair um pouco do concreto e talvez eu consiga me ajudar não reprimindo tanto meus sentimentos e querendo ser perfeita. Pois é tenho esse defeito detestável que é o perfeccionismo. E não querendo ser perfeita mas eu gostaria muito de lembrar meu sonhos para contar ao psiquiatra e dar continuidade ao tratamento.

Hoje estou irritada e com vontade de quebrar a cara de um monte de gente. Então vou parar por aqui e no próximo capítulo e conto sobre o meu desejo que era oculto de quebrar a cara da minha coleguinha (será que essa raiva é saudável?).

5 comentários:

Noemi Szcypula disse...

Saudabilissima não é minha irmã Bel?
Fala pra ela, dormir e se acordar ainda estiver com vontade de dar um soco na cara de determinada pessoa vá lá e Catapum!!!
(Tomara que não seja eu rsrsrs)
Eu ela só belisca.
Minha filha lembre-se da Clarinha, da Ana Clara da Helena e da Mayara.
Foi tão bom não foi?

Graziella disse...

Ana Da soco na parede oras bolas, assim você quebra a mao e nao pode mais trabalhar hihihihihihhihihihihihihihi

te amo flor, é normal ter essas vontades :)

Izabel disse...

Ana banana, quando nós pensamos ou falamos algos, isso se concretiza no universo,por tanto minha flor, considere que voce deu esse soco na ditinha cuja, pois se fizeres no fisico da mesma poderás ter mais problemas né fofa.Agora se voce quer concreto,(fisico) daí faça como a Gra disse, mas de soco no travesseiro (há ja sei compre aquele saco de areis, ou faça um voce mesma e de soco a vontade, xingue, grite, tudo aí na sua casa ok. Se for fora podem te por camisa de força.Uma certa vez uma amiga procurou um psiquiatra, por que ela tinha pensado como resolver seu caso. porque ela cuidava da mãe velinha, por ser solteira todos os irmãos achavam que ela é que tinha que cuidar, sem pensarem que ela trabalhava para o sustento dela e da mãe. Mas então ela pensou em por fogo na casa e na mãe, pois assim ela morreria e seu problema resolvido. Claro! ela se assustou com a quele pensamento. Resposta do psiquiatra. Quem bom! que voce achou a solução para sua angustia. Ela ficou mais assustada ainda. como!!!!!!! Resposta: é que assim seu ~cerebro achou a solução, e aceitou essa solução,então se aquietou, mas entre pensar e fazer aí, está a diferença. No pensar ela tirou de si a angustia e claro que não fez na realidade física. A mãe dela morrei bem mais tarde e ela cumpriu com sua missão.Com ajuda médica ela ficou sem culpa e está bem hoje. Então querida não se culpe de nada,tu endo um ser humano em evolução,sofres, pois crescer doiiiiiiiiiiii. Mas não tem como fugir disso. Ufa!!! falei de mais quero dizer escrevi de mais. beijos.

Andréia Szcypula disse...

Eu tenho uma receita ótima pra vc! Saí, entra numa loja de cosméticos e compra umas coisas lindas pra sua irmã que te ama tanto! Vc vai ficar feliz, ela vai ficar feliz, todo mundo vai ficar feliz!

Daniel disse...

Só não quebra a minha cara não!!!
Vai doer bastante, você tem uma mão muito pesada, se já tirou sangue da minha cara sem querer imagina o que você pode fazer querendo...
Rsrsrs...
Eu sei que vc não ia estragar esse rostinho lindo que é seu, ou ia?
Rrsrs...
Te amo!!!