segunda-feira, 6 de julho de 2009

Difícil sim, mas sem tentar não.

Ai ai, essa semana que que passou (ainda bem qu e passou), foi dura. Estava tão comedida, tão quieta e tão sofrida que de tão triste parecia que ia desmanchar. Não escrevi, porque não tinha pique nem vontade pra escrever. Não dormi direit durante quatro noites. Não que isso seja novidade, mas é que praticamente não dormi. Sexta-feira fui na terapia, mas sem vontade, estava fazendo as coisas por fazer. Mas foi bom ter ido, tanto que depois dei uma animada e curti o sábado, mas domingo foi dose.

Hoje estou com algumas sensações estranhas: parece que estou confusa mentalmente, m,eus olhos dom, minha cabeça gira, e estou tendo um pouco de dificuldade para escrever. Meu braço dói, como a minha primeira crise. Foi assim que começou, tinha difculade de sustentar meu braço e muita tristeza. Hoje estou com vontade de chorar, mas é bom porque esses últimos dias, estava muito na base do tanto faz, hoje parece que pelo menos tem um sentimento. Hoje estou sem vontade ainda de escrever, mas não me entregar, vou levantar todos os dias da cama, mesmo que com muito esforço, vou me ajoelhar pra agradecer minha vida a Deus e começar meu dia, com a esperança de um lindo dia.

3 comentários:

Noemi Szcypula disse...

Minha querida estamos ao seu lado agora e sempre para que possamos da maneira possivel fazer alguma coisa, mesmo que pequena por voce, sabemos que neste momento é importante saber que estas sendo muito amada. Força filha, força.

Izabel disse...

Isso aí menina, linda, flor de laranjeira, voce está vencendo já. bjs.Tenha sempre a luz de Jesus acessa em seu coração, pois assim terá uma luz a seguir.

Anônimo disse...

"Este é o nosso Deus; nós confiamos nele; exultemos e alegremo-nos, pois ele nos salvou." Isaias 25:9

"Quando as pessoas não ouvirem, lembre-se de Jesus. Quando as lágrimas escorrem, lembre-se de Jesus. Quando a decepção lhe acompanhar na cama, lembre-se de Jesus. Quando o medo se acampar no seu jardim. Quando a morte se avizinhar, quando a raiva começar a ferver, quando a vergonha se tornar muito pesada. Lembre-se de Jesus.
Lembre-se que o morto foi chamado da tumba com um sotaque da Galiléia. Lembre-se dos olhos de Deus que secam as lágrimas humanas."